20.09.2021

Dente siso inflamado: como evitar esse problema?

Manter um acompanhamento odontológico pode prevenir o surgimento de um dente siso inflamado. Entenda!
Dente siso inflamado: como evitar esse problema?
Manter um acompanhamento odontológico pode prevenir o surgimento de um dente siso inflamado. Entenda!
Manter um acompanhamento odontológico pode prevenir o surgimento de um dente siso inflamado. Entenda!

Não é à toa que o dente siso inflamado é considerado um dos piores problemas dentários. Além de causar dor e desconforto para os pacientes, a inflamação no dente siso pode ocasionar cáries, mau hálito e outras doenças bucais. A boa notícia é que existem algumas medidas que podem ajudar a aliviar a dor do dente siso inflamado e até mesmo prevenir o quadro. Quer saber quais são? O Sorrisologia te conta! Confira, a seguir, tudo sobre o assunto de acordo com a dentista Uila Ramos, de Recife. 

Dente siso inflamado: sintomas do quadro são fáceis de identificar

Diferente do nascimento do terceiro molar, que nem sempre traz sintomas, a inflamação no dente siso é uma situação que não passa despercebida pelos pacientes. Isso porque o quadro é sinônimo de dores, edemas, dificuldade para mastigar e até mesmo febre. Ainda assim, é importante ressaltar que é preciso uma avaliação profissional para garantir o diagnóstico correto do dente siso inflamado. “O indivíduo pode ter dificuldade para saber qual dente ou o que está causando a inflamação, já que a dor pode se apresentar de forma espalhada”, explica Uila. Nesse caso, um exame clínico e radiográfico combinado com os relatos do paciente pode assegurar o tratamento adequado para o dente do siso inflamado. 

O acúmulo de placa bacteriana é a principal causa do dente siso inflamado

Ao notar um dente siso inflamado, é comum que a primeira dúvida seja sempre sobre a causa do quadro. Nesse caso, a especialista adianta: o acúmulo de placa bacteriana no terceiro molar parcialmente erupcionado é o principal agente causador da inflamação no dente siso. “Quando a coroa dental não foi totalmente exposta ao meio bucal, há maior chance de reter restos alimentares e ter o acúmulo de placa nestes sítios, condições suscetíveis à instalação do quadro da pericoronarite”, revela a dentista. A pericoronarite, por sua vez, ocorre pela presença da ação bacteriana que produz e libera toxinas que desencadeiam um dente siso inflamado. 

Dente siso inflamado: como aliviar a dor?

Se o dente siso inflamado já é uma realidade, não é preciso criar pânico. De acordo com a dentista, o primeiro passo é buscar por atendimento odontológico. “Em quadros agudos, a conduta será a de controlar a dor e reduzir a inflamação do dente siso, detectando a origem do quadro inflamatório”, conta. Quanto ao tratamento do dente siso inflamado, as medidas  podem variar de acordo com o diagnóstico e, principalmente, a saúde bucal do paciente. 

“Quando o elemento apresenta um bom posicionamento e disponibilidade de espaço, ele pode ser tracionado ortodonticamente ou ser exposto à cavidade bucal por meio da ulectomia - que é a remoção da gengiva que recobre o dente”, revela. Por outro lado, quando há o desenvolvimento de cistos ou tumores odontogênicos, o dente siso inflamado pode ser extraído, assim como a lesão associada ao elemento. 

As principais formas de prevenir a inflamação no dente siso 

Depois de descobrir os principais sintomas e tratamentos para o dente siso inflamado, você já deve ter percebido que não é uma situação tão fácil de lidar, certo? Por isso, é importante tomar alguns cuidados para evitar o surgimento do quadro e prevenir essas complicações. 

Manter visitas periódicas ao dentista, por exemplo, é a regra número um. “É necessário ter o acompanhamento do processo de formação e erupção dos dentes, especialmente dos terceiros molares, para ter a previsibilidade de sua erupção ou retenção intra óssea através do diagnóstico por imagem”, aconselha. Isso porque a remoção destes elementos pela falta de espaço na boca pode prevenir o desenvolvimento de um dente siso inflamado. 

Além disso, é importante ter uma boa rotina de higiene bucal - incluindo o uso de fio dental e enxaguante bucal. Dessa forma, é possível evitar o acúmulo de placa bacteriana na região e, consequentemente, a inflamação no dente siso.

 

Este artigo contou com a participação de:
Uila Ramos da Silva - Cirurgiã-dentista formada pela Universidade Federal de Pernambuco e ortodontista formada pela Faculdade de Odontologia do Recife
CRO-PE 10.380


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal