05.07.2021

Dente furado pode provocar mau hálito?

Você está com mau hálito? Isso pode ser um sinal de dente furado! Entenda como as condições podem estar relacionadas e como tratar o quadro
Você está com mau hálito? Isso pode ser um sinal de dente furado! Entenda como as condições podem estar relacionadas e como tratar o quadro

O surgimento de um dente furado é sempre sinônimo de prejuízos para a saúde bucal. Isso porque, além de indicar a presença de cárie, o quadro também pode resultar em outros problemas bucais, como sensibilidade nos dentes e gengiva inchada. Mas, o que poucos pacientes sabem é que, o dente furado também pode estar relacionado com o mau hálito. Por isso, é importante saber quais cuidados são necessários para tratar e até mesmo prevenir o surgimento de um dente furado. Pensando em te ajudar nessa tarefa, o Sorrisologia reuniu todas as informações sobre o assunto. Confira!

A má higiene bucal é a principal causa do dente furado

Antes de tudo, é importante entender que um dente furado nada mais é do que um elemento que contém cárie. Nesse caso, a ação das bactérias é a grande responsável pela deterioração das camadas dentárias. Justamente por isso, a má higiene bucal é um dos principais fatores por trás de um dente furado. Afinal, é a partir disso que ocorre a proliferação das bactérias e, consequentemente, das cáries.

Para evitar esse tipo de problema, o mais importante é ter o hábito de escovar os dentes de 2 a 3 vezes por dia, principalmente após as refeições. No entanto, vale ressaltar que existem outras condições que também podem resultar em um dente furado, como o consumo exagerado de alimentos doces e refrigerantes e a ausência de consultas com um dentista.

Como identificar um dente furado?

Descobrir um dente furado nem sempre é uma tarefa tão fácil. Isso porque o quadro apresenta sintomas parecidos com os de outras doenças bucais. Ainda assim, existem alguns sinais que quando combinados podem servir de alerta para a presença de um dente furado. Veja, a seguir, os principais deles:

- Gengiva inchada;
- Manchas nos dentes;
- Sensibilidade dentária constante, a qual piora com a ingestão de doce e bebidas frias ou quentes;
- Presença de orifícios nas regiões cariadas

Dente furado vs. mau hálito: entenda a relação entre os quadros

Para surpresa de alguns, um dente furado é um fator que também pode provocar mau hálito. O motivo por trás disso é a ação das bactérias presentes na nossa boca, que se apropriam de restos de alimentos deixados nela e os transformam em ácidos. Ou seja: a presença da cárie provoca mau hálito devido a fermentação dessas bactérias.

Além do mau hálito, a cárie pode apresentar outros sintomas, desde dor até a quebra do dente acometido. Em outros casos, até mesmo passar despercebida, sem apresentar nenhum sinal aparente. Geralmente, a dor no dente furado ocorre quando a cárie está em estágio avançado.

Saiba como tratar o dente furado e evitar o mau hálito

Se o dente furado e o mau hálito já são uma realidade para você, não precisa se desesperar! Assim como outros problemas bucais, esse quadro também possui tratamento e pode ser revertido. Nesse caso, a escolha da melhor técnica pode variar de acordo com o estágio da cárie. A restauração com resina composta, por exemplo, costuma ser a melhor opção para situações simples de dente furado. Já o tratamento endodôntico com pinos intra-radiculares e prótese tende a ser recomendado para casos em que o dente furado está mais comprometido. Por isso, é importante conversar com um cirurgião-dentista de confiança antes de tomar qualquer medida. 


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal