18.08.2021

Como cuidar do curativo no dente? Dentista esclarece dúvidas!

Saiba como cuidar do curativo no dente e as medidas necessárias para evitar a queda do selante provisório
Saiba como cuidar do curativo no dente e as medidas necessárias para evitar a queda do selante provisório

Nenhum paciente gosta de lidar com um curativo no dente, mas não tem jeito: alguns procedimentos odontológicos exigem o uso da técnica. Seja em uma restauração dentária provisória ou em tratamento endodôntico, o curativo para dente é sempre um aliado na cicatrização e na prevenção de infecções na região. Independente do motivo para o seu uso, é comum que surjam dúvidas sobre como cuidar do selante e o que é bom para evitar danos ao curativo no dente. Para esclarecer essas dúvidas, preparamos uma matéria com alguns cuidados importantes com ajuda da dentista Thamires Oggioni, do Rio de Janeiro. Confira!

Curativo no dente: para que serve?

Não são só os cuidados com curativo no dente que ainda geram dúvidas entre os pacientes. Na verdade, é comum que muitos não saibam como é feito o selante ou a sua função na odontologia. De acordo com Thamires, o curativo para dente é realizado para diminuir a inflamação e, consequentemente, a dor na região.

“Ele é utilizado para “tampar” a cavidade após algum procedimento que exige mexer na parte interna do dente, como o tratamento de canal ou de cárie profunda”, explica a especialista. Isso significa que o curativo no dente impede que o elemento fique “aberto” e exposto à contaminação de bactérias e retenção de alimentos até que o tratamento seja finalizado. Geralmente, o procedimento é feito à base de óxido de zinco e eugenol.

Curativo no dente: cuidados com higiene bucal e alimentação garantem a durabilidade do selante

Embora o curativo de dente seja um procedimento temporário, é necessários alguns cuidados para evitar danos à saúde bucal. Mau hálito devido a retenção de alimentos, sensibilidade e dor no dente, por exemplo, são alguns dos incômodos que podem surgir devido à ausência de precauções. Por isso, se recebeu a notícia de que precisará usar o curativo no dente, é preciso estar atento às recomendações do seu dentista.

A alimentação, por exemplo, é um dos fatores que exige atenção redobrada durante o uso do selante. “É preciso evitar a mastigação de alimentos duros na região, pois o curativo para dente não possui resistência como uma restauração definitiva. Nesse caso, é provável que o selante caia e  contamine seu dente”, revela a profissional.

Outra medida importante é respeitar as consultas de retorno ao dentista. “O curativo no dente é provisório e, por isso, não deve ficar muito tempo na cavidade bucal. Sendo assim, é importante voltar na data marcada pelo seu dentista para coloração de uma restauração definitiva”, afirma.

Por fim, mas não menos importante, é fundamental se certificar de que a higiene bucal esteja sendo feita da maneira correta. “Nesse momento, é imprescindível investir em escovas de dentes com cabeça pequena e cerdas macias a ultra macias. Dessa forma, é possível impedir a quebra ou até a queda do curativo para dente antes do tempo”, conta.
 

Curativo do dente caiu: o que fazer?

Se mesmo tomando todos os cuidados necessários o seu curativo no dente cair, o ideal é buscar um dentista o quanto antes. “Através da consulta será possível realizar o exame clínico e, assim, avaliar se está tudo bem e recolocar o curativo para dente ou realizar a restauração definitiva”, revela a especialista. Nesse caso, vale ressaltar que o paciente não deve continuar, em hipótese alguma, sem o curativo no dente. Lembre-se: a ausência do selante provisório pode favorecer o surgimento de doenças bucais e prejudicar a saúde do seu sorriso. 

 

Este artigo tem a contribuição do especialista: 
Thamires Oggioni -  Dentista formada na Universidade Estácio de Sá do Rio de Janeiro. Atua como clínica geral realizando procedimentos de prevenção, reabilitação oral, extrações e clareamento dental.
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ: 50747


Publicador de Conteúdos e Mídias

TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal