30.06.2021

Como limpar corretamente o seu aparelho ortodôntico: aprenda em 5 passos

Para iniciar a limpeza do seu aparelho ortodôntico, utilize o passa fio. A ferramenta ajuda a combater o acúmulo de placa bacteriana na superfície dos dentes e ao redor dos braquetes.
Para iniciar a limpeza do seu aparelho ortodôntico, utilize o passa fio. A ferramenta ajuda a combater o acúmulo de placa bacteriana na superfície dos dentes e ao redor dos braquetes.
Realize a limpeza dos dentes e do aparelho ortodôntico. Seja com uma escova convencional ou um model em forma de
Realize a limpeza dos dentes e do aparelho ortodôntico. Seja com uma escova convencional ou um model em forma de "V" ou "U", é importante evitar forças horizontais excessivas - já que podem prejudicar a saúde gengival. Nesse caso, faça movimentos leves e circulares, lembrando de higienizar corretamente as faces triturantes dos dentes, assim como as faces internas deles.
Use a escova interdental para garantir uma limpeza mais eficaz nos espaços entre os dentes e ao redor dos braquetes.
Use a escova interdental para garantir uma limpeza mais eficaz nos espaços entre os dentes e ao redor dos braquetes.
Faça a limpeza da língua com ajuda de um raspador ou limpador específico para região.
Faça a limpeza da língua com ajuda de um raspador ou limpador específico para região.
Para finalizar a limpeza do seu aparelho ortodôntico, faça um bochecho com enxaguante bucal recomendado pelo seu dentista. Aalém de proteger a estrutura do aparelho, o produto ajuda na manutenção do seu hálito.
Para finalizar a limpeza do seu aparelho ortodôntico, faça um bochecho com enxaguante bucal recomendado pelo seu dentista. Aalém de proteger a estrutura do aparelho, o produto ajuda na manutenção do seu hálito.
Para iniciar a limpeza do seu aparelho ortodôntico, utilize o passa fio. A ferramenta ajuda a combater o acúmulo de placa bacteriana na superfície dos dentes e ao redor dos braquetes.
Realize a limpeza dos dentes e do aparelho ortodôntico. Seja com uma escova convencional ou um model em forma de
Use a escova interdental para garantir uma limpeza mais eficaz nos espaços entre os dentes e ao redor dos braquetes.
Faça a limpeza da língua com ajuda de um raspador ou limpador específico para região.
Para finalizar a limpeza do seu aparelho ortodôntico, faça um bochecho com enxaguante bucal recomendado pelo seu dentista. Aalém de proteger a estrutura do aparelho, o produto ajuda na manutenção do seu hálito.

Não é difícil encontrar pacientes que tenham dúvidas sobre como limpar o seu aparelho ortodôntico. Embora a tarefa provoque dúvidas, ela pode ser muito mais simples do que se imagina - mesmo com aqueles que iniciaram o tratamento ortodôntico recentemente. Para isso, é importante lançar mão de alguns produtos de higiene bucal indispensáveis, como uma escova para limpar aparelho, e seguir as recomendações estabelecidas pelo o seu dentista. Pensando em te ajudar, o time de Sorrisologia conversou com a ortodontista Carolina Malavasi que reuniu dicas valiosas para higienizar corretamente o aparelho ortodôntico. Veja só!

Os produtos necessários para limpar o aparelho ortodôntico

Em meio a tantas preocupações para manter a higiene bucal em dia, o uso de produtos específicos para limpeza dos dentes e do aparelho ortodôntico não deve passar despercebida. “Além da escova de dentes tradicional, é importante que o paciente utilize escovas interdentais, passa fio, limpador de língua e enxaguante bucal”, aconselha a ortodontista. Para entender a importância do uso desses acessórios, a profissional revela as vantagens de cada uma das ferramentas:

- Escova de dentes: o ideal é optar por um modelo com cabeça de tamanho médio e cerdas macias. No entanto, vale ressaltar que pacientes com aparelho ortodôntico também podem utilizar as escovas com formato de “V” ou “U”.

- Escova interdental: complementando a escovação tradicional, o modelo serve para higienizar a região entre e ao redor dos braquetes do aparelho ortodôntico. Na hora de adquiri-la, o ideal é optar por uma escova interdental fina e cilíndrica - já que conseguem alcançar as áreas menores. Além disso, é importante utilizar a escova interdental por baixo do fio ortodôntico, fazendo movimentos circulatórios leves e repetindo o processo pelo lado de cima.

- Passa fio: parecido com uma agulha, o passa fio possui uma embocadura para que seja transpassado o fio dental convencional - o que faz toda a diferença na limpeza do aparelho ortodôntico. Dessa forma, o paciente consegue passar o conjunto por baixo do fio ortodôntico, evitando o surgimento de inflamações, como a gengivite.

- Limpador de língua: capaz de limpar a saburra lingual sem gerar desconforto ou náuseas, a ferramenta é fundamental para tratar e prevenir a halitose.

- Enxaguante bucal: responsável por complementar a limpeza do aparelho ortodôntico, o enxaguante bucal é uma ferramenta indispensável na rotina de higiene bucal. A sua composição pode ser variável e, por isso, deve ser recomendado por cirurgião dentista. Mas, de uma forma geral, é preciso evitar os que possuem álcool em sua composição e optar por aqueles que apresentam substâncias antimicrobianas.

A importância da higiene bucal durante o tratamento ortodôntico

Não precisa saber muito sobre o assunto para entender que uma boa higiene bucal pode prevenir uma série de problemas. No caso da limpeza do aparelho ortodôntico, não é diferente. “Os cuidados são necessários para que, além da manutenção da saúde bucal, o paciente também tenha um tratamento ortodôntico correto”, alerta a dentista. Isso porque a falta de higienização pode provocar interrupções por conta de cáries e inflamações, o que prejudica a previsibilidade e atrasa a evolução do tratamento como um todo.

O uso do aparelho ortodôntico não impede a limpeza profissional dos dentes

Se engana quem pensa que a profilaxia dentária não pode ser realizada por quem utiliza aparelho ortodôntico. Na verdade, o procedimento, também conhecido como limpeza profissional, pode (e deve!) fazer parte da rotina de pacientes em tratamento ortodôntico. “É indispensável a realização periódica a cada 6 meses. No entanto, caso haja inflamação ou dificuldade motora por parte do paciente, o intervalo pode ser reduzido”, aconselha a dentista.

Além de combater o acúmulo de placa bacteriana, a técnica é capaz de prevenir doenças periodontais e outros problemas bucais, como cárie e mau hálito. Sendo assim, a profilaxia dentária pode combater possíveis problemas que impeçam o andamento do tratamento ortodôntico.

 

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Caroline Malavasi - Especialista em Ortodontia e mestre em Dentística pela Universidade Federal Fluminense, com consultório na Barra da Tijuca (RJ)
Rio de Janeiro - RJ


TODAS AS MATÉRIAS: higiene bucal