19.11.2021

4 causas da sensibilidade dentária que você não sabia

A escovação excessiva é um dos fatores que pode contribuir para sensibilidade dentária. Entenda esse e outros motivos por trás do quadro!
A escovação excessiva é um dos fatores que pode contribuir para sensibilidade dentária. Entenda esse e outros motivos por trás do quadro!

Todo mundo sabe que a sensibilidade dentária é um problema que pode atingir pacientes de diferentes idades. Mas será que você realmente conhece as principais causas para esse quadro? Embora a sensibilidade no dente seja na maioria das vezes associada ao clareamento, existem uma série de fatores que podem desencadear o incômodo. Para te deixar por dentro do assunto, reunimos alguns hábitos que podem resultar em dente com sensibilidade que você provavelmente não sabia. Veja só!

Bruxismo é uma das principais causas da sensibilidade dentária

Poucas pessoas sabem, mas a sensibilidade dentária pode estar diretamente ligada ao hábito de apertar os dentes. Conhecido como bruxismo, o distúrbio parafuncional provoca desgaste e fraturas no esmalte do dente. Na prática, isso pode expor a dentina, que é responsável pelos impulsos nervosos, resultando em um dente com sensibilidade. 

Para contornar esse problema, o ideal é consultar um dentista para se certificar do diagnóstico e, assim, iniciar o uso de placas que evitam o contato entre os dentes superiores e inferiores. Em alguns casos, pode ser necessário um tratamento multidisciplinar, incluindo acompanhamento psicológico, já que o estresse pode ser uma das causas do bruxismo e da sensibilidade dentária.

O uso de piercing na boca pode contribuir para a sensibilidade dental

Não é novidade que o piercing na boca pode trazer uma série de prejuízos aos dentes. Mas você sabia que o acessório também favorece a sensibilidade dentária? Sim, isso mesmo! Acontece que, por mais cuidadoso que você possa ser, é comum acabar mordendo o piercing ao mastigar ou falar. 

Nesse caso, o acessório acaba se chocando com o dente e danificando o seu esmalte. O resultado é certo: a sensibilidade dental. Se ainda assim você optar pelo uso do acessório, é importante tomar os devidos cuidados e a qualquer sinal de fratura ou rachadura no dente buscar um profissional. Assim, é possível evitar que a sensibilidade dentária surja e cause desconforto. 

Excesso de força durante a escovação também é um dos motivos para sensibilidade o dente

A escovação exagerada é outro hábito que passa despercebido, mas que pode causar a sensibilidade dentária. Isso porque os movimentos com força excessiva podem favorecer o desgaste do esmalte dental. Para evitar esse problema, o truque é optar por escovas com cerdas macias e arredondadas. Outra dica para evitar a sensibilidade dental é realizar os movimentos circulares de maneira suave. Lembre-se: excesso de força não é sinônimo de uma higiene mais eficaz. 

Refluxo gastroesofágico é outra condição que favorece a sensibilidade dentária

Por essa você não esperava, certo? Mas, sim, o refluxo gastroesofágico também é uma das causas da sensibilidade dentária. Nesse caso, o motivo por trás do quadro são os ácidos produzidos pelo esôfago que chegam até a boca. Ao entrar em contato com a arcada dentária, eles podem estimular a erosão do esmalte dental e, consequentemente, a sensibilidade no dente. 

Por isso, é importante manter um acompanhamento médico para controlar o caso. Além disso, vale evitar hábitos que funcionem como gatilho para o refluxo, como comer rápido e beber muito líquido durante as refeições.


Publicador de Conteúdos e Mídias

TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal