Seu bebê desenvolveu cárie de mamadeira? Saiba como tratar o problema
A cárie de mamadeira pode ser tratada com restaurações específicas
A cárie de mamadeira pode ser tratada com restaurações específicas

Publicador de Conteúdos e Mídias

Cárie de mamadeira? Saiba como tratar

A cárie de mamadeira pode aparecer quando a higiene bucal dos bebês não é feita corretamente. Leia mais para saber como evitá-la.

27/10/2022

Compartilhar em suas redes

Publicador de Conteúdos e Mídias

Causada principalmente pela falta de higienização bucal, a cárie de mamadeira (ou cárie precoce da infância) resulta basicamente da ação de bactérias que danificam os dentes de leite. Para evitar esse problema, é fundamental tomar cuidados com a saúde bucal do bebê e contar com o acompanhamento de um profissional especializado. O Sorrisologia conversou com a cirurgiã-dentista Patrícia Almeida, especialista em reabilitação oral e estética, que falou mais sobre as causas da cárie infantil e como tratá-la de forma adequada. Confira!

O que causa cárie de mamadeira?

De acordo com a cirurgião-dentista, tanto a alimentação quanto os hábitos de higiene são determinantes para a saúde bucal dos bebês. “O alto consumo de alimentos fontes de açúcar, aliado à má higienização, contribui para o aparecimento do problema”, explica a profissional.

A cárie infantil, muitas vezes, surge quando a boca do bebê não é bem limpa após a amamentação, ou quando há um consumo excessivo de sucos naturais ácidos, frutas e outros alimentos muito açucarados, especialmente durante a noite. Esse problema tende a ser mais frequente, em especial, em crianças que chupam chupeta — principalmente quando os pais adoçam o bico com mel ou outra substância.

Um estudo publicado no Seminário de Iniciação Científica, realizado na faculdade Unijuí, destaca que a cárie precoce da infância está associada quase sempre ao contato dos dentes com líquidos açucarados fermentáveis da mamadeira durante o sono. Esses fatores, somados ao declínio do fluxo salivar durante a noite, provocam um quadro mais intenso de deterioração dentária. 

O que fazer ao identificar a cárie infantil?

Para evitar problemas dentários e garantir uma boa higiene desde cedo, é muito importante que a criança frequente um dentista regularmente. De acordo com a especialista, esse acompanhamento deve ser feito desde o surgimento da pontinha do primeiro dente. Assim, o profissional especializado pode orientar os pais com relação à higiene bucal da criança. Além disso, ao notar qualquer mancha ou incômodo no dente do bebê, de acordo com a Dra. Almeida, é muito importante investigar o caso mais a fundo. “É necessário levar sim ao dentista. Mesmo que a cárie de mamadeira seja em um dente de leite (que vai cair), ela pode comprometer o próximo dente que vai nascer”, destaca o profissional. 

Cárie de mamadeira: tratamento pode ser feito com pequenas restaurações ou extração do dente

O dente cariado infantil precisa receber um tipo de tratamento específico, que remova o problema completamente, mas sem ser invasivo demais. “A prescrição é de restaurações mais brandas, diferente dos adultos, com produtos específicos para dentes de leite.  Em alguns casos, também pode-se extrair o dente de leite”, explica a dentista. 

A linha de tratamento a ser adotada também depende da idade da criança e do nível de avanço da cárie. A extração só costuma ser necessária quando o dente está muito inflamado ou quando a cárie está avançada em um nível que impossibilita a restauração. Caso a cárie ainda esteja muito no início, é possível reverter o problema com uma pequena restauração seguida de cuidados extras com a higienização. 

Higiene bucal é indispensável para a prevenção da cárie infantil

Você sabia que é necessário iniciar a higienização bucal do bebê mesmo antes do nascimento do primeiro dente? De acordo com a especialista, esse tipo de cuidado faz toda a diferença para prevenir cáries e outros problemas bucais. “Além das consultas regulares ao dentista, é importante intensificar a higienização. Nos bebês, limpar as gengivas com gaze ou pano macio após o aleitamento/amamentação. Ajudar e ensinar a criança a escovar os dentes com produtos indicados para a idade. O mesmo para o fio dental. Também evitar o consumo excessivo de alimentos açucarados”, finaliza a profissional. 

Mais Recentes

Publicador de Conteúdos e Mídias