Aparelho para bruxismo: tudo o que você precisa saber sobre o modelo

22.07.2020

Aparelho para bruxismo: tudo o que você precisa saber sobre o modelo

Saiba mais sobre esse apetrecho para o tratamento de bruxismo
Saiba mais sobre esse apetrecho para o tratamento de bruxismo

O bruxismo é uma disfunção que causa muitos problemas para a saúde bucal e bem-estar dos pacientes. Além de ser motivo de dores nos dentes e de cabeça, essa complicação também acaba refletindo em uma DTM, pulpite, quebra de restauração e na formação de cáries. Entretanto, existe uma maneira de prevenir todos esses contratempos: usar um aparelho para bruxismo. O Sorrisologia entrevistou a especialista em dor orofacial Rhianna Barreto que esclareceu os benefícios e funções do apetrecho. 

Como é um aparelho para bruxismo?

Na verdade, esse aparelho para o bruxismo é chamado de placa oclusal, que faz a função de proteção dos dentes e relaxamento da musculatura. "Esta placa é confeccionada e personalizada para cada paciente, deve ser rígida e ter certa altura. Ela é muito diferente do aparelho ortodôntico tradicional que é colado sobre os dentes e tem a função de alinhar os dentes", destacou a dentista.

Qual é a função desse aparelho no tratamento do bruxismo?

O tratamento com esse aparelho de bruxismo visa minimizar ou eliminar os efeitos deletérios da disfunção. "Existem diversos efeitos como desgaste dos dentes, abfrações, sensibilidade, cefaleia, dor muscular, fraturas dentárias e a placa tem a função de impedir esses efeitos a longo prazo", esclareceu.

Como o aparelho de bruxismo deve ser usado?

Rhianna conta que, geralmente, o bruxismo ocorre no período da noite, então a placa deve ser utilizada neste período também. Caso o paciente também apresente bruxismo no período diurno a placa o paciente também deve usar o apetrecho ao longo do dia para evitar os problemas.

Cuidados e higiene do aparelho de bruxismo

O aparelho ou a placa de bruxismo, como é mais conhecida, deve ser higienizada com uma escova macia e detergente neutro todos os dias logo após a utilização e guardado na caixa especifica. "O ideal é também realizar imersão da placa por 20 minutos em um higienizador de prótese", indicou a especialista. além disso, também é importante levar a placa ao dentista para revisões que devem ser realizadas no dentista a cada seis meses para os ajustes necessários.

Este artigo tem a contribuição do especialista:
Rhianna Barreto - Cirurgiã-Dentista
Rio de Janeiro - RJ
CRO-RJ:37448


TODAS AS MATÉRIAS: saúde bucal